sábado, 12 de setembro de 2020

Câmera de segurança capta imagem de suposto marido falecido na varanda


Teresa, de 75 anos, gravemente doente, estava morrendo de câncer há vários meses e um dia sua filha começou a persuadi-la a ir para o hospício. Naquele momento, a câmera de vigilância filmou o fantasma do falecido marido de Teresa chegando à varanda. 

Na casa de Norma Will, há câmeras de segurança com detecção de movimento. Um deles está na varanda. E um dia filmou o que a mulher considerava o fantasma.

Na noite de 27 de novembro de 2019, a câmera da varanda ligou e filmou uma silhueta nebulosa translúcida, semelhante à figura de um homem, sentando em uma cadeira de balanço e imediatamente começa a se mover.

Segundo Norma, essa cadeira de balanço na varanda foi o lugar de descanso favorito de seu pai durante sua vida.

Quando a mãe de Norma, Teresa, de 75 anos, viu este vídeo, ela disse “Ele veio atrás de mim”. Teresa morreu pouco depois.

Antes, ela estava gravemente doente há dois meses, com câncer, que já estava em um estágio tal que o tratamento não ajudou. Norma Will cuidou de sua mãe doente durante todos esses dois meses.

Na noite em que este vídeo foi filmado, Norma e sua mãe tiveram uma conversa muito séria. Norma tentou convencer a mãe doente a ir para um hospício, onde seria cuidada por enfermeiras profissionais.


Teresa respondeu que precisava ir “por um minuto” ao quarto para consultar o marido Leandro. Leandro havia falecido dez anos antes.

Quando Teresa foi para seu quarto, o telefone de Norma recebeu imediatamente uma notificação de que uma câmera de videovigilância da varanda havia registrado o movimento e filmado. Quando Norma viu o vídeo, ela imediatamente se lembrou que seu pai, durante sua vida, sempre saía para fumar na varanda e sentava em uma cadeira de balanço.

Ela decidiu mostrar o vídeo para Teresa, e sua mãe sorriu imediatamente ao assisti-lo. Ela disse que era seu falecido marido e que ele viera por ela.

Teresa faleceu de câncer e Norma Willa agora acredita 100% que o fantasma de seu pai realmente apareceu na câmera e que a vida após a morte existe. Por causa disso, ela agora se sente “calma e reconfortante”.

“É reconfortante pensar que meu pai estava observando nós duas”, diz Norma. Além disso, agora Norma acredita que sente claramente a presença do pai e da mãe em casa, como se estivessem sempre com ela.

                                          Assista o vídeo:

                 fonte:JP Today News

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Após tirar foto,mãe se convence que a casa é mal assombrada


Naomi Hudson Reed, uma mãe de 38 anos, sempre sentiu que havia uma presença sobrenatural na casa de cinco quartos em que mora em Devon, Reino Unido. A designer de interiores ficou apavorada quando ouviu o som de portas batendo, passos no andar de cima e gritos vindos da babá eletrônica dos filhos enquanto eles ainda estavam dormindo.

Mas o susto veio mesmo quando ela viu um rosto de um homem em uma fotografia tirada na cozinha da casa. “Eu me sentia desconfortável em minha casa antes. Eu estava convencida de que havia fantasmas, mas ver um rosto de fato tão claramente é outra coisa. Eu fiquei apavorada”, contou ela, em entrevista ao portal Mirror.

“Quase gritei e deixei cair o telefone, tive de perguntar ao meu marido Gary se ele também via o rosto e ele disse que sim. Isso tornou tudo ainda mais assustador”, continuou.  “Somos pessoas tão sensatas e tentamos sempre pensar logicamente, mas desde que nos mudamos para esta casa coisas assustadoras continuam acontecendo”.

Naomi e o parceiro Gary, um corretor imobiliário de 46 anos, escutam passos na casa desde que se mudaram, dois anos atrás. Quando tiveram os filhos: Harrison e Hudson, eles passaram a ouvir, também, gritos e barulhos estranhos vindos da babá eletrônica.

“Uma noite, a gritaria era tão intensa no quarto de Harrison. Não parecia que ele estava chorando, mas fui ver como ele estava mesmo assim. Mas quando cheguei lá, ele estava dormindo em seu berço, com um sono realmente pesado. Fiquei tão perturbado que acordei Gary e contei o que tinha acontecido, mas nenhum de nós conseguiu explicar”, relembrou Naomi.

O casal acredita que o quarto do filho mais novo é o lugar mais assustador da casa. “Ele costumava chorar e chorar, nada o acalmava. Seus brinquedos também caiam aleatoriamente e começavam a tocar música e acendiam no meio da noite o que era estranho, mas não era como se ele estivesse brincando com eles, ele estaria dormindo. Quando eu ia para o quarto dele tinha uma sensação horrível de que algo ou alguém estava me observando e também via sombras com o canto do olho”, relembrou.

Com medo, ela tirou os filhos do cômodo e mudou o lugar do quarto das crianças. Foi ai que Naomi começou a perceber a presença em outros lugares da casa.  “Estávamos na sala assistindo TV à noite e, de repente, ouvíamos passos no corredor acima de nós. Os meninos são muito novos para andar, então ficamos com medo de que alguém tivesse entrado e andado lá em cima. Mas quando verificamos, não havia ninguém lá”. A princípio Naomi pensou que talvez a morte de seu pai quando ela estava grávida pudesse ter algo a ver com as assombrações. Mas agora ela acredita que a atividade paranormal pode ser algo mais sinistro.

“Perdi meu pai quando estava grávida de Harrison em 2017 e pensei que talvez pudesse ser a presença dele que estávamos sentindo no quarto de Hudson. A primeira palavra de Hudson foi ‘pai’ e ele sempre apontava para as paredes do quarto e dizia ‘pai’ sem parar. No começo eu pensei que poderia ser o avô de Hudson cuidando dele, mas não é uma sensação agradável e reconfortante, e o rosto do homem que vi também não se parece com o do meu pai”, explicou.

“É uma sensação fria e desconfortável, o oposto de como seria se a presença de um ente querido estivesse por perto. Não gostaríamos de nos mudar agora, pois ainda estamos reformando a casa. Amamos como ela é moderna e o que fizemos com ela”, continuou. A mudança, no entanto, pode acontecer no futuro.

“Se os gritos e as batidas se tornarem frequentes, eu vou me mudar, porque quero que minha família fique segura. Depois de ver o rosto daquele homem, estou preocupada com o que vou ver ou ouvir a seguir”, finalizou, assustada.
fonte:https://paisefilhos.uol.com.br/ 

terça-feira, 1 de setembro de 2020

A terrível paralisia do sono! Ataques espirituais?


Imagine por um momento, que você se encontra em um quarto, dormindo em uma cama e de repente sente uma presença muito negativa com você, olhando para você no escuro. Você abre os olhos e pode ver claramente. A primeira coisa que você faz é se mover, mas você não pode, você está imóvel. Você tenta gritar, mas também não consegue. Existe apenas você e a presença na sala. De repente, você consegue fazer pequenos movimentos de um lado para o outro, enquanto começa a conseguir gesticular com a boca. Você pede ajuda, você grita como se não houvesse amanhã. A primeira coisa que você pensa é que está sonhando, que nada do que está vendo é real e apenas quando consegue acordar percebe que está dentro de outro sonho e que a paralisia que sofreu também foi um sonho.Quando você finalmente sai de ambos os sonhos, percebe que sofreu uma das experiências mais traumáticas que existem, a paralisia do sono em outro sonho. E é neste momento que você se pergunta por que isso aconteceu.

Sonhos dentro de outros sonhos

Sem dúvida, a paralisia do sono do falso despertar é uma experiência verdadeiramente traumática para o sofredor. Para a ciência, é um fenômeno incrível. Como já publicamos no MEP, um falso despertar é um sonho vívido de despertar do sonho, enquanto o sonhador na verdade continua dormindo. Depois de um falso despertar, as pessoas costumam sonhar que estão realizando rituais matinais diários, como cozinhar, limpar e comer. Um subconjunto de falsos despertares, nomeadamente aqueles em que se sonha que acordou do sonho apresentando sonhos, assume aspectos de um sonho duplo ou de um sonho dentro de um sonho.

Um falso despertar pode ocorrer após um sonho ou após um sonho lúcido . Se ele segue um sonho lúcido, o sonhador pode começar a se perguntar se ele está realmente acordado e pode ou não chegar à conclusão correta. Em um estudo da psicóloga Deirdre Barrett de Harvard, 2.000 sonhos de 200 indivíduos foram examinados e descobriram que falsos despertares e lucidez eram muito mais prováveis ​​de ocorrer no mesmo sonho ou em diferentes sonhos na mesma noite. Mas se combinarmos o falso despertar com a paralisia do sono, encontraremos um coquetel realmente perigoso.

Sonhos lúcidos e falsos despertares

Se um sonho lúcido se tornar assustador, o sonhador pode tentar acordar. Você vai abrir os olhos, talvez vendo seu próprio quarto. Em alguns momentos, ele percebe que algo está correndo, que ele nunca acordou. O ciclo continua, fazendo com que o sonhador entre em pânico, até que ele acorde ou caia em um estado REM mais profundo. É uma atonia muscular natural que dificulta o despertar; o sonhador pode pensar que está abrindo os olhos ou sentado , mas seu corpo considera o esforço de um sonho lúcido e impede o movimento físico real. Até este ponto, não há nada que sugira um ataque demoníaco. Atonia muscular, sonhos lúcidos e falsos despertares são fenômenos naturais. No entanto, existem duas outras experiências, comuns aos sonhadores lúcidos, que podem envolver o sobrenatural.

O primeiro é o que parece ser um grande peso ou pressão no peito do sonhador. Às vezes, há a imagem de uma figura grotesca sentada no peito de quem dorme. Essa experiência é tão comum que diferentes culturas criaram mitologias sobre a criatura. Na Escandinávia, é o Mare; na África e no sul dos Estados Unidos, "a síndrome da bruxa velha" ; no Oriente Médio, um djinn; e na Ásia, um fantasma. Os cientistas diriam que a figura é a tentativa da mente de explicar a sensação de pressão.

Mas especialistas na área dizem que o fenômeno está relacionado a entidades demoníacas , independente do nome. É a aparência de figuras altas e escuras, que são percebidas como negativas. As entidades podem flutuar, aumentar o zoom ou desaparecer e às vezes parecem grandes demais para a sala. A cultura popular os chama de "gente sombra".

A paralisia do sono costuma ser acompanhada por uma sensação de terror. O sentimento pode vir de um elemento do sonho, o aparecimento de uma figura grotesca no peito da pessoa que dorme, uma reação às sombras ou simplesmente um medo espontâneo e inexplicável. O adormecido tentará acordar, mas a atonia muscular só permitirá um falso despertar. Deve-se mencionar que isso não é o mesmo que um "terror noturno" . O terror noturno ocorre principalmente em crianças, em um estado de sono muito mais profundo. A atonia muscular é quebrada quando o sonhador reage violentamente ao medo, chorando, gritando e lutando contra aqueles que vieram confortá-lo. Ao acordar, o sonhador geralmente não se lembra do sonho.

Proteção contra "ataques" no mundo dos sonhos

Como você já deve ter visto, o Google reduziu, senão censurou , as buscas sobre essas e outras experiências, deixando apenas publicações científicas que não oferecem nenhum tipo de solução. No Mundo Esotérico e Paranormal sabemos perfeitamente o que é sofrer este tipo de experiências e que ninguém te entende, por isso te oferecemos um pequeno guia para te poder proteger na próxima vez que sofrer de paralisia do sono dentro de outro sonho. Em primeiro lugar temos que dizer que cada um deve encontrar a melhor forma de se proteger desses “ataques indiscriminados” de entidades sobrenaturais.

Se você é uma vítima regular dessas experiências aterrorizantes, pode visualizar uma bolha dourada ou um círculo de luz ao seu redor. Você deve perceber que nada nem ninguém pode prejudicá-lo nesta bolha dourada ou prateada. Mas você deve se lembrar que a visualização começa antes de dormir. Outra técnica usada por milhares de anos é o sal. Polvilhe sal em todos os cômodos de sua casa, como se estivesse fazendo um círculo. Desde tempos imemoriais, o sal foi considerado um poderoso protetor contra as energias mais sombrias e seres demoníacos.

E se você ainda considera que precisa de mais proteção, pode usar a salva branca: a salva branca  (Salvia apiana) é uma planta usada pelos nativos americanos para afastar os maus espíritos e as energias ruins. Você deve queimar as folhas de sálvia direcionando a fumaça para os quartos onde costuma dormir em casa. Por último, e possivelmente o mais importante, é pedir ajuda aos seus guias espirituais . Acredite ou não, todos nós temos nossos próprios guias espirituais. Eles estão acompanhando você por toda a sua vida e tentando protegê-lo. Mas, no mundo dos sonhos, é você quem deve guiá-los à sua presença, cuidar de você enquanto visita outras realidades da existência.

Como discutimos anteriormente, essas são apenas algumas das práticas mais conhecidas para se proteger da paralisia do sono, mas como você também está sofrendo de um falso despertar, deve usá-las todas juntas . Você tem que saber que se você está sofrendo este ataque é por um bom motivo, se você está prestes a atingir um objetivo ou encontrar uma pessoa muito importante em sua vida, e que isso pode afetar positivamente nossa realidade. "Eles" não querem que você tenha sucesso, e é por isso que usam toda a sua modéstia contra você. Mas, neste ponto, você deve saber que não deve ter medo, era mais poderoso do que qualquer outra entidade negativa.

                                         Assista os vídeos:

                 fonte:Fatos Desconhecidos


                 fonte: INCRÍVEL

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Câmera de segurança grava estranha imagem de um suposto fantasma


As pessoas descrevem encontros fantasmagóricos de muitas maneiras diferentes. Alguns veem aparições ou luzes estranhas, sentem a presença em uma sala, ouvem ruídos ou sentem uma queda repentina na temperatura. Eles cheiram o café da manhã favorito de um parente falecido na cozinha ou ouvem uma música favorita enquanto o aparelho de som está desligado. Objetos caem das prateleiras e as portas se abrem e fecham sozinhas. A eletricidade corre solta, fazendo as luzes piscarem ou as TVs ligarem e desligarem sozinhas. Às vezes, as pessoas não experimentam nada incomum, mas notam formas ou aparências estranhas quando olham para as fotos que tiraram.

Algumas histórias de fantasmas envolvem aparições visíveis que estão ligadas a lugares ou famílias específicas. Esses fantasmas geralmente aparecem como um aviso de que alguém vai morrer. Eles nem sempre são humanos, alguns assumem a forma de animais. Da mesma forma, alguns relatos de fantasmas envolvem aparições informando amigos ou familiares sobre mortes recentes ou crises iminentes. E não sabemos se essa é a explicação para o seguinte incidente ocorrido em uma cidade inglesa, onde o chefe de uma empresa de segurança se surpreendeu ao ver uma mulher fantasmagórica vestida de branco atravessando assustadoramente um canteiro de obras.

A noiva fantasmagórica

O chefe de uma empresa de segurança disse que ficou "petrificado" depois de ver uma mulher fantasma em um vestido branco em canteiros de obras em Birmingham, Inglaterra . A presença foi registrada por uma câmera de segurança durante a noite de terça-feira, 18 de agosto, mas quando os seguranças fizeram sua patrulha ao redor da área alguns minutos depois, eles não encontraram ninguém. O chefe da segurança explicou que não conseguiu dormir naquela noite porque ficou muito assustado com a aparição da mulher, que parece estar com um vestido e um objeto nas mãos enquanto percorre a obra localizada no centro da cidade.

De acordo com o jornal local Birmingham Mail , os guardas chegaram ao local quando uma câmera com sensor de movimento detectou o movimento e tirou a imagem sinistra.

“Fornecemos segurança para o canteiro de obras na Sherborne Street, no centro da cidade de Birmingham”, disse Adam Lees, diretor administrativo da Limitless Security . “Na madrugada desta terça-feira, recebemos um alerta de que uma câmera com sensor de movimento havia captado movimento no local. As imagens chegam no meu laptop, então eu verifiquei e vi essa imagem. Notifiquei imediatamente a segurança do local para fazer uma patrulha completa, mas eles não encontraram nada. É incrivelmente estranho. Eu não tenho ideia do que poderia ter sido, mas eu não dormi o resto da noite. "

O alerta foi emitido às 01h53, horário local, do dia 18 de agosto. Três minutos depois, os seguranças no local responderam e conduziram uma patrulha completa, sem encontrar ninguém no local.

“Eles saíram imediatamente, foi em questão de minutos e não havia sinal de ninguém lá ou de que alguém tivesse estado lá; Foi muito estranho ”, continuou Lees a explicar.“Não tenho ideia do que poderia ter sido, mas não dormi o resto da noite e isso me deu arrepios, com certeza. Nunca acreditei em fantasmas, mas não posso explicar isso. As pessoas têm falado muito, mas posso garantir que é 100% real. Eu gostaria que não fosse, pois me deu arrepios. Nunca vi nada assim antes. Ela está inclinada para a frente e parece flutuar, segurando algo nas mãos. Parece-me que ela está usando um vestido de noiva como se estivesse esperando para se casar. Parece uma noiva fantasmagórica. É a coisa mais estranha que já vi em cinco anos de levantamento de sites como este. Imagine olhar para esta foto quando você acorda às duas da manhã e está meio adormecido. Levei um tempo para voltar a dormir depois disso. Fiz uma pequena pesquisa para ver se havia alguma igreja na rua.


A imagem foi compartilhada nas redes sociais, causando diversas reações entre os internautas. Muitos disseram que a única explicação possível é que foi uma noiva fantasma que morreu naquele local e pediram aos donos do terreno que investigassem caso houvesse uma história trágica, e assim conseguir fazer uma limpeza energética para evitar mais aparições no futuro.

Mas os mais céticos especulam que pode ter sido simplesmente alguém roubando sucata de metal na obra e até mesmo uma imagem foi fotografada, adicionando a figura fantasmagórica. E como a empresa de segurança também escreveu uma postagem em seu site, pode ser uma estratégia de marketing viral.

O que você acha da mulher na imagem? Uma mulher fantasmagórica em um vestido de noiva? Ou poderia ser uma montagem?

                                                                  Assista o vídeo:

                 fonte:Enigma 51

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

A misteriosa ponte dos suicídios de Pasadena (Califórnia)


A majestosa Ponte da Rua Colorado de 1913 em Pasadena, Califórnia, não apenas impressionou os primeiros viajantes que cruzavam a ponte, mas logo assumiu um tom mais sinistro quando as pessoas começaram a pular da ponte de 150 pés para a morte.

Uma década depois de sua construção, os moradores começaram a chamá-la de “Ponte do Suicídio” e, como você pode imaginar, começaram a se espalhar as lendas de que a ponte era assombrada por aquelas almas infelizes.

A bela ponte de concreto se estende por 1.467 pés através do Arroyo Seco, um desfiladeiro profundamente cortado que liga as montanhas de San Gabriel ao rio Los Angeles e contém o riacho intermitente Arroyo Seco, que dá nome. A ponte é muitas vezes chamada incorretamente de "Ponte Arroyo Seco".

Nos primeiros dias de Pasadena, antes da histórica Ponte da Rua Colorado ser construída, cruzar o Arroyo Seco era uma tarefa extremamente difícil. Cavalos e carroças desceram a íngreme encosta leste, cruzaram o riacho por uma ponte menor e, em seguida, escalaram a margem oeste pelo Eagle Rock Pass.

A ponte foi projetada e construída pela empresa JAL Waddell de Kansas City, Missouri e batizada em homenagem à Colorado Street (agora chamada Colorado Boulevard), que era a principal via leste-oeste através de Pasadena.

Conhecida por seus arcos Beaux Arts, postes de iluminação ornamentados e grades, o projeto inicial se mostrou difícil devido a encontrar uma base sólida na cama Arroyo. No entanto, quando o engenheiro John Drake Mercereau concebeu a ideia de curvar a ponte, ele criou uma obra de arte.

A primeira tragédia na ponte ocorreu antes mesmo de a construção estar concluída. Supostamente, quando um dos trabalhadores da ponte tombou para o lado e mergulhou de cabeça em uma cuba de concreto úmido, seus colegas de trabalho presumiram que ele não poderia ser salvo a tempo e deixou seu corpo no cimento de secagem rápida. Sua é apenas uma das muitas almas que dizem assombrar a "Ponte do Suicídio".

O primeiro suicídio ocorreu em 16 de novembro de 1919 e foi seguido por vários outros, especialmente durante a Grande Depressão. Ao longo dos anos, estima-se que mais de 100 pessoas tiraram suas vidas saltando 150 pés no arroio abaixo.

Um dos suicídios mais notáveis ​​foi quando uma mãe desanimada jogou sua filha pela grade em 1 ° de maio de 1937. Ela então a seguiu até as profundezas do cânion. Embora a mãe tenha morrido, seu filho sobreviveu milagrosamente. Evidentemente, sua mãe inadvertidamente a jogou em algumas árvores próximas, e mais tarde ela foi recuperada dos galhos grossos.

Na década de 1980, a ponte histórica havia caído em grande degradação quando pedaços de concreto começaram a cair de suas grades ornamentadas e arcos. Após o terremoto Loma Prieta perto de Oakland em 1989, a ponte foi fechada como medida de precaução.

Eventualmente, fundos federais, estaduais e locais forneceram cerca de US $ 27 milhões em custos de renovação e a ponte foi reaberta em 1993, com seus detalhes originais, além de uma grade de prevenção de suicídio. Embora o número de suicídios ao longo dos anos tenha diminuído, a ponte continua mantendo seu apelido e suas lendas fantasmagóricas.

De acordo com os contos, vários espíritos vagueiam pela própria ponte e também pelo arroio abaixo. Outros ouviram gritos inexplicáveis ​​vindos do cânion. Um relato fala de um homem espectral que costuma ser visto vagando pela ponte e que usa óculos de aro metálico. Outras pessoas afirmam ter visto uma mulher em um manto longo esvoaçante, que está no topo de um dos parapeitos, antes de desaparecer ao se jogar para o lado.

No arroio abaixo, formas fantasmas foram vistas caminhando no leito do rio, uma série de sons inexplicáveis ​​são frequentemente ouvidos e a atmosfera é frequentemente descrita como "densa".

A Colorado Street Bridge fazia parte da Rota 66 até 1940, quando o Arroyo Seco Parkway foi inaugurado. Hoje, a ponte recebeu a designação de Marco da Engenharia Civil e está listada no Registro Nacional de Locais Históricos.

                                           Assista o vídeo:

                 fonte:Aidan Constantine

sexta-feira, 31 de julho de 2020

Invasores nos sonhos!!Como se proteger


Você já sentiu que havia alguém em seus sonhos? Você sentiu uma presença desconhecida que afetou todo o mundo dos seus sonhos ? Você viu como as pessoas que apareceram nos seus sonhos olhavam para você de uma maneira ameaçadora? Temos certeza de que muitos de vocês se sentirão identificados e serão vítimas do fenômeno chamado "invasão de sonhos". A invasão dos sonhos pode acontecer acidental ou intencionalmente mas em qualquer caso é algo real e você não está sozinho, muito mais pessoas do que você imagina que já experimentaram em mais de uma ocasião.

A invasão dos sonhos é um ato que ocorre durante sonhos lúcidos sonhos em que temos consciência de sonhar. Sonhos lúcidos ocorrem total ou parcialmente temporariamente no plano astral, pois o sonhador geralmente não tem consciência ou capacidade suficiente para tornar o espaço permanente e desaparecerá assim que acordar. O invasor entra nesse espaço e depois interage com o sonhador . E que nesse ponto em que se encontra o verdadeiro perigo o invasor pode ser uma pessoa que acessa nossos sonhos através de meditação, rituais, projeção astral ou mesmo através de seus próprios sonhos lúcidos. Mas também podem ser entidades sombrias que querem nos causar danos ou morte.

Invasão acidental

A invasão acidental ocorre quando uma ou mais pessoas têm uma forte conexão com o sonhador. Geralmente todas as pessoas envolvidas estão sonhando. A invasão assume a forma de um sonho compartilhado, onde alguém é "inserido" no sonho de outra pessoa sem o seu consentimento expresso. Isso não significa que o invasor quis causar danos ao sonhador, apenas aconteceu por acidente. A invasão acidental geralmente ocorre com empatas, pessoas que têm a capacidade de sentir e / ou compartilhar as emoções de outras pessoas. Involuntariamente, entram e experimentam o sonho de outra pessoa simplesmente por causa de suas habilidades naturais.

Invasão intencional

Por que alguém propositalmente invadiria o sonho de outra pessoa? A verdade é que existem inúmeras razões; o principal é influenciar o pensamento de alguém . Muito do que acontece em um sonho permanece na mente subconsciente ou inconsciente. A mente subconsciente / inconsciente influencia grande parte de nossa vida diária. Ele governa respostas automáticas e processos como memória, motivação, instinto e até reação emocional. Invasores intencionais procuram influenciar essas coisas para invocar respostas específicas em outras pessoas. Eles o fazem entrando em sonhos lúcidos, ou mesmo implantando formas de pensamento para condicionar o sujeito.

Outro motivo para uma invasão intencional é alimentar-se da energia emocional criada durante o estado de sonho . Eles geralmente são realizados na forma de um pesadelo. A energia criada é freqüentemente destinada a alimentar um ser / entidade espiritual. Essas entidades assim como os invasores, são freqüentemente chamadas de incubus ou Súcubos . Um tipo particular de ataque / invasão usado por esses invasores é uma forma de falsa paralisia do sono. O invasor cria uma representação astral do quarto ou do espaço de descanso do sonhador e em seguida imita os sintomas da paralisia do sono acompanhados por uma experiência aterradora.

Existem teorias de que muitas abduções alienígenas são realmente essas experiências além da paralisia regular do sono.

As diferenças entre a paralisia do sono e esses tipos de ataques são encontradas no ambiente, o que normalmente é consistente com a sala real, onde a falsa paralisia do sono carece desses detalhes, mas eles têm objetos muito detalhados. Por exemplo em um ataque falso de paralisia do sono o relógio da sala e a imagem na parede podem estar vivos mas falta o copo de água ou a revista que você costuma colocar na mesa de cabeceira.

Diferença entre invasão do sono e pesadelos

As invasões dos sonhos podem ser semelhantes aos pesadelos. As diferenças podem ser sutis, mas importantes. Pesadelos geralmente são formados por uma situação pessoal estressante que está ocorrendo em sua vida física. Estes podem ser estresse mental ou físico, como doença ou lesão. Pesadelos são tipicamente independentes e abstratos. As experiências são vagas e as imagens carecem de detalhes específicos . Por outro lado, a invasão dos sonhos possui grandes detalhes, principalmente quando se trata de interagir com outros seres / pessoas dentro do sonho. Essas interações são persistentes, não mudam e são muito lógicas. Na maioria dos pesadelos, esse não é o caso e os eventos ou, em muitos casos, é muito irracional.

Como se proteger dos invasores dos sonhos?

Então, o que você pode fazer se for vítima de invasores dos sonhos? Existem várias maneiras de se proteger desses tipos de experiências desagradáveis ​​e perturbadoras. Você pode aprender a usar alguma forma de proteção psíquica ou energética. Os especialistas da área recomendam essa técnica, embora você também possa usar tudo desde velas a rituais e mantras.

Proteger onde você dorme também é extremamente importante. Outra opção é trabalhar para elevar sua vibração e aprender a acessar alguns dos planos de energia mais alta através da meditação. Isso cria um ambiente onde os atacantes não podem acessar. Eles habitam as vibrações mais baixas e não podem manter suas conexões com as vibrações mais altas. Finalmente, se você se encontra nesse tipo de situação, em vez de tentar resistir ou reagir, reafirme seu controle . Eles não podem prejudicá-lo, a menos que você permita.

Dream Invaders - Como se proteger dos Dream Invaders?

Eles entraram no seu espaço e você tem o controle final basta perceber e reagir. Simplesmente exige que eles saiam ou declare que "você não permite que eles estejam aqui" . Você também pode pedir a ajuda de seus guias espirituais ou a manifestação de elementos protetores no sonho.

Considerar

Para finalizar, você deve ter em mente que os invasores dos sonhos são um perigo real. E não apenas pela presença deles mas também porque em casos extremos você pode ser vítima do chamado "falso despertar" , um evento no qual alguém sonha que despertou do sonho. Essa "ilusão" de ter despertado é muito convincente para a pessoa. Após um falso despertar, as pessoas geralmente sonham em realizar rituais diários da manhã acreditando que realmente despertaram. E esse é o perigo real poder ficar indefinidamente no sonho porque o invasor conseguiu enganá-lo.

Você já foi vítima dos invasores dos sonhos? Não hesite em comentar sobre comunicação você pode ajudar outras pessoas que estão tendo a mesma experiência.

                                                                Assista o vídeo:      

In
                 fonte:Fatos Desconhecidos

quarta-feira, 29 de julho de 2020

Será que cães enxergam espíritos e fantasmas?


Lançado em 2010, o filme “Nosso Lar” levou 1,6 milhão de pessoas ao cinema. Se você é uma delas, são grandes as chances de se lembrar da cena em que o espírito do médico André Luiz volta para sua casa e só é reconhecido por dois moradores: a faxineira, praticante de credos afro-brasileiros, e o cão, que, até onde se sabe, não professava fé nenhuma.

Saindo do mundo ficcional, será que os cachorros são mesmo capazes de ver fantasmas, espíritos e assemelhados?

Para muitos, os cães têm um senso de intuição privilegiado. Em casos documentados, eles alertam sobre episódios médicos como convulsões iminentes e várias formas de câncer.

Outro exemplo é quando eles parecem sentir uma tempestade se aproximando, mesmo antes de o aplicativo meteorológico dar o sinal. Há até o caso do cão que levou sua dona para um ponto elevado pouco antes do tsunami que devastou as praias da Tailândia.

E, como todos nós já observamos, eles são muito rápidos em avaliar estranhos e se concentrar em qualquer vibração negativa para nos ajudar a separar amigos de inimigos.

Então é possível? Nossos melhores amigos poderiam realmente ter esse sexto sentido misterioso, conhecido como percepção extra-sensorial (PES)?

Pulga atrás da orelha dos cientistas

Muitos estudos exploraram a possibilidade e, embora alguns especialistas tendam a considerá-la simplesmente que os cães têm sentidos naturais superelevados, nenhum deles afirmou que é realmente impossível o Totó possuir habilidades paranormais.

Do ponto de vista estritamente prático, todos sabemos que, assim como os humanos, os cães têm cinco sentidos básicos: visão, olfato, paladar, tato e audição.


E, como três desses cinco sentidos (visão, olfato e audição) são extremamente poderosos neles, é bem possível que a pausa repentina na frente da foto daquela tia falecida não se deva ao fato de ele ter visto um fantasma flutuando, mas porque ele captou um som incomum à distância ou um cheiro fraco, mas intrigante.

Para confundir um pouco mais as coisas, há o campo de visão superior que um cão possui. Particularmente, quando se trata de detectar movimentos muito além do seu escopo de visão ou, assustadoramente, durante as horas do crepúsculo.

Esse senso de visão e a capacidade de detectar todas as coisas que espreitam no escuro (ainda que invisíveis ao olho humano) dão aos tutores em todo o mundo mais um motivo para acreditar que o cão realmente é dono de alguma habilidade sobrenatural.

Aprendizado com humanos

Estudos realizados pela Universidade da Flórida mostraram que os cães que vivem em um lar amoroso estão mais inclinados a entender a linguagem corporal de seus donos e a responder de forma mais rápida e intuitiva a momentos emocionais do que seus colegas que vivem em abrigos.

Em outras palavras, a pesquisa indica que o talento que ele demonstra para decifrar os sentimentos mais profundos e sombrios dos donos é simplesmente uma reação aprendida que decorre da vida em comunidade, em vez de uma linha direta psíquica para a alma interior dos humanos.
Essa teoria prática e bastante racional também é apoiada pelo autor e psicólogo Stanley Coren. Ele afirma que é uma reação super receptiva a estímulos que permite que nossos amigos de quatro patas antecipem fenômenos.

Tomemos, apenas como exemplo, a súbita mudança na pressão barométrica que precedeu o tsunami na Tailândia ou, a propósito, qualquer evento climático importante. Os animais percebem rapidamente essa mudança, juntamente com os cheiros que acompanham qualquer alteração dramática nas condições climáticas.

O instinto natural do animal para a autopreservação diz para eles seguirem para terrenos mais altos. Ou, no caso de alguns cachorros, para se esconder debaixo da cama.

Raciocínio rápido
Mary Burch, diretora do Programa Cão da Família do American Kennel Club (AKC), afirma que, para aqueles pais que já estão abertos a aceitar fenômenos paranormais, é bem provável que algumas das estranhas ações e maneiras de seus cães simplesmente reforcem nessa crença.

De repente, parar, olhar ou latir junto à cadeira favorita de um ente querido falecido ou exibir comportamentos que sugerem o contato com uma aparição podem, compreensivelmente, alimentar o desejo de acreditar.

Mas Burch ressalta o instinto básico segundo o qual um cão simplesmente corre. Ao contrário dos humanos que tendem a analisar e pensar demais antes de reagir, um cão age com base em seus sentimentos iniciais.

Ele rosnará se não conseguir a vibração certa de um estranho, ficará paralisado se ouvir ou cheirar algo fora do normal e será rápido em latir por algo que vê no escuro.

A certeza que ninguém tem
Se, apesar de todo esse blablablá racional você ainda crê que o seu animalzinho, talvez goste das descobertas do consultor em comportamento de cães Russell Harstein, baseado em Los Angeles.

Com mais de 30 anos de análise comportamental aplicada, incluindo trabalho com a renomada primatologista Jane Goodall, ele afirma que, apesar de todas as explicações racionais sobre como nossos cães parecem ter poderes psíquicos e o fato de que há uma falta de evidências científicas para apoiá-lo, a verdade é que simplesmente não sabemos.

cão escondido 
Harstein afirma que “a parte mais interessante da ciência do comportamento e entendimento dos cães é que simplesmente não sabemos muito”. Então Harstein é um crente? Talvez ainda não, mas ele claramente não fechou a porta à possibilidade.

E é aqui que fica interessante porque, apesar de sua referência à falta de “evidências científicas”, existem estudos que mostram que nossos amigos peludos possuem moléculas especiais em seus olhos que lhes permitem sentir o campo magnético da Terra.

Criptocromos são moléculas sensíveis à luz que existem nas retinas de 90 espécies de mamíferos e agora são conhecidas por incluir cães (mas não gatos).

Pesquisadores da Universidade Ludwig-Maximilians de Munique, da Universidade Goethe em Frankfurt, das Universidades de Duisburg-Essen e Göttingen, bem como do Instituto Max Planck de Pesquisa Cerebral em Frankfurt afirmam que os animais que possuem essa molécula podem ter um senso magnético ligado ao seu sistema visual.

Acredite se quiser
Agora, se tudo isso está começando a parecer um pouco complicado demais, você deve saber que, para muitos mamíferos, o campo magnético da Terra é essencial para ajudá-los na orientação e navegação.

Portanto, as habilidades naturais das criaturas que possuem esse senso extra magnético já são reconhecidas pelos pesquisadores. Apenas não havia sido determinado que os cães também possuíam isso.

E é aqui que chegamos à parte do “tire sua própria conclusão”. Enquanto os caçadores de fantasmas existirem, eles (e aqueles que acreditam no paranormal) afirmam que os espíritos são capazes de gerar seus próprios campos eletromagnéticos.

Se for esse o caso, é exagero acreditar que nossos cães são capazes de entender isso? E que quando eles latem à noite ou ficam petrificados no lugar de descanso favorito de um ente querido, isso não é apenas por coincidência?

A busca pela resposta definitiva continua (pelo menos do lado dos cientistas).

Assista um vídeo com alguns animais que supostamente enxergaram algo, e tirem suas conclusões...

                                          Assista o vídeo:

                 fonte:Top Melhores